Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Atualmente, está em curso a revitalização de um pequeno trecho da rodovia. A duplicação vai demorar para começar, de acordo com o Dnit

A duplicação da BR-080/DF, via de acesso a Brazlândia, é uma reivindicação antiga dos moradores da região. Por causa da infraestrutura precária, a rodovia tem sido palco de diversos acidentes graves. Em virtude da realização de obras no local, a Promotoria de Justiça de Brazlândia requisitou esclarecimentos ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). De acordo com informações enviadas pelo órgão, ainda não se trata da aguardada duplicação. As obras em curso atualmente são de revitalização do trecho (km 17,1 ao km 19,8) e fazem parte do Programa de Conservação, Recuperação e Manutenção da Rodovia (Crema).

O coordenador administrativo das Promotorias de Justiça de Brazlândia, Paulo Quintela, explica que faz parte da atuação do Ministério Público acompanhar os assuntos que afetam diretamente a comunidade. Diante de informações desencontradas sobre as obras e da necessidade de orientar a população, foram requisitados esclarecimentos formais ao Dnit. “É importante que as informações sobre o estágio em que se encontra a pretensão de duplicação das BR-080 e DF-001 sejam repassadas à população com clareza e verdade, e nesse sentido o Dnit atendeu a contento essa expectativa. A população carece, agora, de informações mais precisas por parte do DER.”

Duplicação – O Dnit esclareceu que o projeto que contempla a duplicação de toda a extensão da rodovia encontra-se em fase final de elaboração do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (Evtea). Após a conclusão, serão elaborados os Termos de Referência para contratação dos Estudos Ambientais e Projetos de Engenharia, ainda no segundo semestre deste ano. A rodovia encontra-se sob jurisdição federal e não consta do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Em reunião realizada no Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), em maio, o diretor-geral do Dnit, Valter Silveira, explicou que a duplicação da BR-080 depende ainda de várias fases e que é fundamental a mobilização de esforços para que a obra seja incluída entre as prioridades do PAC do governo federal. Dessa forma, a duplicação ainda demorará alguns anos para ser iniciada.

A luta pela duplicação da rodovia é uma reivindicação histórica dos moradores de Brazlândia, que lidam com as frequentes mortes decorrentes do alto índice de acidentes na pista. Conforme informações do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), as principais cidades servidas pela BR-080 são: Brasília, Brazlândia (DF), Padre Bernardo (GO), Barro Alto (GO), Uruaçu (GO) e São Miguel do Araguaia (GO). Segundo dados do Dnit, o tráfego na rodovia varia entre 9 e 12 mil veículos/dia, entre motos, carros, ônibus, caminhões e caminhões pesados.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.