A Promotoria de Justiça de Defesa da Infância e da Juventude (PJIJ) realizou, na última segunda-feira, dia 3, a última reunião de 2013 para a construção do fluxo de acolhimento institucional de crianças e adolescentes no Distrito Federal. O objetivo do encontro consiste em garantir de forma protetiva os direitos dos acolhidos. A prioridade do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) é a permanência das crianças e dos adolescentes em suas famílias.

Durante a reunião, conduzida pela promotora de Justiça Luisa de Marillac, foram discutidas as providências a serem adotadas pelo Conselho Tutelar nos casos em que se verifique eventual necessidade de acolhimento em caráter excepcional e de urgência.

Aproximadamente 50 pessoas participaram das discussões, entre membros do MPDFT, adolescentes acolhidos na Casa de Ismael – Lar da Criança, conselheiros tutelares, representantes da Vara da Infância e da Juventude, do GDF, da Defensoria Pública e de instituições de acolhimento. Um próximo encontro foi marcado para o dia 7 de fevereiro.