Após receber reclamação sobre irregularidades praticadas por empresas de ônibus na utilização da parada situada entre as quadras 214 e 215 Sul, próxima à Estação 114 do Metrô/DF, o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), através da Procuradoria Distrital dos Direitos do Cidadão (PDDC), expediu recomendação para que o DFTrans adote as medidas necessárias para solucionar o problema.

A parada de ônibus é utilizada como terminal rodoviário para as empresas que operam no itinerário, as quais estacionam seus veículos ao longo da faixa de rolamento do Eixo L e em cima das calçadas adjacentes. Essa rotina, além de trazer perigo de acidentes e dificultar a circulação de pessoas, resulta em diversos transtornos para a comunidade local, provocando, por exemplo, excessivo barulho dos veículos, que mesmo parados continuam com os motores ligados, e dispersão de fumaça da queima do diesel.

O DFTrans foi alertado sobre essa situação em outubro deste ano e realizou ações de auditoria fiscal, mas os moradores relatam que as empresas de ônibus voltaram a praticar as mesmas irregularidades assim que os agentes da fiscalização deixaram o local. A partir da publicação da recomendação, o órgão terá o prazo de 30 dias para informar as medidas efetivamente tomadas para a solução definitiva do problema.