Ciganos e promotor de Justiça Thiago PierobomNa última quarta-feira, dia 20, o promotor de Justiça do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) Thiago Pierobom e o procurador da República no DF Felipe Fritz reuniram-se com líderes do acampamento cigano da etnia Calon, recém instalado nas proximidades de Planaltina, para discutir as políticas públicas destinadas à população cigana.

Os líderes da comunidade tradicional informaram que migraram da região de "Brasilinha" (Planaltina de Goiás) pelo fato de não terem, no entorno, acesso a políticas sociais adequadas. Por isso, eles solicitam a cessão de uma área para a instalação provisória do acampamento cigano, bem como políticas de assistência social e matrícula em escolas públicas para as crianças e os adolescentes do acampamento. No Distrito Federal, já existe um acampamento cigano na região de Sobradinho, instalado em terras cedidas pela União.

Durante a reunião, realizada na Procuradoria da República do Distrito Federal, estiveram presentes representantes da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial (Sepir/DF), da Secretaria do Patrimônio da União (SPU) e da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC). O Ministério Público demandou aos órgãos presentes que procurem elaborar políticas públicas adequadas à realidade social das comunidades ciganas.