Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Simpósio servirá como preparação para as cidades-sede de grandes eventos, como a Copa do Mundo e as Olimpíadas

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), o Instituto Brasília Ambiental (Ibram), a Secretaria do Meio Ambiente e o Corpo de Bombeiros realizam, nos dias 10, 11 e 12 de dezembro, o I Simpósio Internacional de Emergências com Produtos Perigosos. O evento ocorre no auditório da Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), no Setor de Clubes Sul.

A iniciativa conta ainda com o apoio da Associação Brasileira dos Membros do Ministério Público do Meio Ambiente (Abrampa) e de instituições privadas que realizarão uma Mostra Tecnológica durante o encontro. Cerca de 150 representantes de órgãos públicos de todo o País são aguardados. Participam também gestores de cinco países – França, Canadá, Estados Unidos, Singapura e Inglaterra – que irão falar sobre suas experiências na gestão e atendimento às ocorrências envolvendo produtos perigosos em um contexto de grandes eventos, como Copa do Mundo e Olimpíadas.

Integrantes dos Ministérios da Defesa e do Meio Ambiente; da Agência Brasileira de Inteligência (Abin); e do Corpo de Bombeiros e Defesa Civil estaduais também participam dos debates, que incluem temas como níveis de competência, políticas e instrumentos de gestão durante as emergências. Na Mostra Tecnológica, as empresas apresentarão o que há de mais moderno e atual para o atendimento às ocorrências com produtos perigosos.

Saiba mais

Produtos perigosos são substâncias que podem causar danos ao meio ambiente e à saúde. O papel do MPDFT é fiscalizar a utilização, transporte, armazenamento e descarte para reduzir a intensidade e extensão dos impactos negativos, como a degradação da vegetação, a emissão de gases, a alteração da fauna e a contaminação dos recursos hídricos. O Simpósio visa consolidar um espaço de debate sobre estratégias de controle de riscos ambientais relacionados a essas substâncias no DF.

.: voltar :.