Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Inscrições custam R$ 49 e podem ser feitas até o dia 4/12

No segundo domingo de dezembro, dia 9, será realizada a 3ª edição da corrida e caminhada “Venceremos a Corrupção”. A largada será às 9h, na Torre de TV. A ação é uma iniciativa do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal (Sindilegis), do Instituto de Fiscalização e Controle (IFC) e esse ano conta com o apoio da campanha “O que você tem a ver com a corrupção?”, do Ministério Público Brasileiro. Em 2003, a data foi oficializada pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Dia Internacional de Combate à Corrupção.

Os interessados podem escolher uma caminhada de 1,1km ou corridas de 5km e 10km. O valor de inscrição é de R$ 45, mais o pagamento de uma taxa de R$ 4 para o site www.minhasincricoes.com.br – totalizando R$ 49. A inscrição dá direito ao “kit atleta”: camiseta, boné, conjunto para cronometragem (que deve ser devolvido no final da prova), lanche e adesivo para carro.

Para se inscrever, basta acessar o site http://venceremosacorrupcao.com.br até o dia 4/12. O boleto pode ser pago em qualquer banco, inclusive pela internet. Você também pode acompanhar as informações sobre a corrida pelo Facebook: http://www.facebook.com.br/corridavenceremosacorrupcao.

Saiba mais

A campanha “O que você tem a ver com a corrupção?” foi idealizada em 2004 pelo promotor de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina Affonso Ghizzo Neto. O objetivo do movimento é conscientizar a sociedade, especialmente crianças e adolescentes, a partir de um diferencial: o incentivo à honestidade e à transparência das atitudes do cidadão comum.

O foco são os atos rotineiros que contribuem para a formação do caráter, com vistas à criação de uma cultura de valores e princípios éticos. A longo prazo, espera-se reduzir a impunidade nacional, com a construção de um Brasil mais justo e mais sério. Para isso, é essencial destacar o papel fundamental das condutas diárias.

Ganhadora do prêmio Innovare de 2004, a campanha foi nacionalizada em 2007 com o apoio da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp) e do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG). Cada ente da Federação tem uma coordenação local, que no DF está a cargo dos promotores de Justiça Paulo Vinícius Quintela de Almeida (titular) e Pedro Dumans Guedes (substituto).

.: voltar :.