Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Posse dos Promotores de Justiça Adjunto do MPDFT 2012Tomaram posse, na última sexta-feira, 41 novos Promotores de Justiça Adjuntos do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, em cerimônia realizada no Auditório JK da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Coube ao Decano entre os Promotores de Justiça, Antonio Luiz Barbosa de Alencastro, pronunciar o discurso de boas-vindas aos novos membros da Instituição. Em sua fala, Alencastro parabenizou os empossados pela conquista e ressaltou a importância do trabalho que os aguarda. "A missão de promover a Justiça não é fácil, mas, até por essa razão, é gratificante e desafiadora", afirmou. E aconselhou os novos Promotores de Justiça: "devemos ser inconciliáveis e intransigentes com qualquer forma de ilegalidade".

O primeiro colocado no concurso, André Luiz Cappi Pereira, discursou em nome dos empossados. "Os frutos dos anos de muito estudo e sacrifício são colhidos agora", afirmou. O Promotor de Justiça Adjunto também lembrou a importância das atribuições do Ministério Público: "A defesa da sociedade é nossa verdadeira vocação".  

A Associação do Ministério Público do Distrito Federal (AMPDFT) foi representada no evento por seu Presidente, o Promotor de Justiça Antonio Marcos Dezan. Em seu discurso, ele enfatizou a importância da atuação ministerial em todas as suas formas. "Para o Promotor de Justiça, não há conflito pequeno ou grande. Por trás dos processos, estão pessoas e este olhar é que deve guiar a nossa conduta".  

A Procuradora-Geral de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Eunice Carvalhido, dirigiu, em sua fala, um convite aos novos Promotores de Justiça: "convido cada um dos senhores que se junte a nós para que, como os jovens sonhadores, professemos a mesma fé no futuro, na certeza madura de que as edificações se fazem passo a passo, tijolo a tijolo, se se a quer sólida como há de ser a edificação da nossa casa, do nosso MPDFT".  

Ao encerrar a solenidade, o Procurador-Geral da República, Roberto Gurgel, destacou a importância dos novos membros para a Instituição. "A chegada de novos colegas sem dúvida significa uma renovação permanente do Ministério Público, que, ao se renovar permanentemente, continua à altura e adequado ao atendimento cada vez melhor e mais aprimorado dos anseios da sociedade", finalizou. 

Posse dos Promotores de Justiça Adjuntos do MPDFTTambém estiveram presentes à solenidade a Vice-Procuradora-Geral de Justiça do Distrito Federal e Territórios, Zenaide Souto Martins; o Corregedor-Geral em exercício e a Ouvidora do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Procuradores de Justiça Gladaniel Palmeira de Carvalho e Maria Rosynete de Oliveira Lima, respectivamente; o secretário da Comissão Organizadora do 29º Concurso, Promotor de Justiça do MPDFT Rodolfo Cunha Sales; o Ministro do Superior Tribunal de Justiça, Oggi Fernandes; o Corregedor Regional da Justiça Federal de Primeiro Grau da 1ª Região, Carlos Olavo Pacheco de Medeiros, o Desembargador do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, Lecir Manoel da Luz; o Vice-Procurador-Geral da Justiça Militar, Roberto Coutinho; o Vice-Procurador-Geral do Trabalho, Eduardo Antunes Parmeggiani; o Presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral, Romão Cícero de Oliveira; o Assessor Jurídico da Presidência do Superior Tribunal Militar, Enio Frischeisen, além de outras autoridades, familiares e amigos dos empossados.

.: voltar :.