Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

reunio_sobre_a_meta_2_da_enasp.1.jpg 

Terminado, em 30 de abril, o primeiro ciclo da Meta 2 da Estratégia Nacional de Justiça e Segurança Pública (Enasp), que previa a conclusão dos inquéritos policiais relativos a crimes dolosos contra a vida instaurados até 31 de dezembro de 2007, o MPDFT apurou que foram finalizados 863 procedimentos investigatórios, remanescendo em tramitação para a realização de novas diligências outros 369.

reunio_sobre_a_meta_2_da_enasp.2.jpgLevantamento realizado em dezembro de 2010 apontou a existência de 1192 inquéritos na Meta 2. Desses, foram concluídos 69%. Por outro lado, considerando apenas o período a partir do qual o inqueritômetro da Enasp entrou em operação, abril de 2011, foram finalizados 48% do total, que era de 709 inquéritos.

O gestor das metas da Enasp para o MPDFT, promotor de Justiça Jefferson Lima Lopes, salientou que, além do resultado numérico ter sido bastante positivo, a Meta 2 propiciou a criação de um canal perene de integração entre o MPDFT e a Polícia Civil para que a investigação dos crimes de homicídio sejam tratadas com prioridade.

A partir deste mês terá início o segundo ciclo da Meta 2 da Enasp, com a inserção dos inquéritos relativos a homicídios instaurados até 31 de dezembro de 2008. O prazo para o seu término é 30 de abril de 2013. De acordo com levantamento já efetuado pelo MPDFT, somam-se aos 369 inquéritos remanescentes outros 313, num total de 682.


Veja gráfico de redução dos inquéritos policiais.

.: voltar :.