A Coordenadoria Administrativa das Promotorias de Ceilândia participa nesta quinta-feira, 10, às 9h, do encontro "A Rede Faz!", no campus do IESB na cidade - auditório 1. Promovido pela Rede Social de Ceilândia, o evento tem como objetivo apresentar aos representantes do governo as principais demandas da cidade e ouvir as propostas de cada convidado, bem como demonstrar a organização e mobilização da cidade. O evento é aberto a todos os interessados no assunto e não necessita de inscrição prévia.

Foram definidas como prioridades as seguintes ações: criação de Centros de Assistência e Promoção Social (CAPS); criação de creches; criação do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) na Ceilândia Norte; melhoria da abordagem das policias, com base nos princípios dos Direitos Humanos, e criação do Centro de Referência de Atenção à Mulher.

Está confirmada a presença de representantes das Secretarias de Estado de Segurança Pública, Assistência Social e Trabalho, Educação, Mulher e Saúde.

Sobre a Rede

A Rede Social de Ceilândia é um grupo apartidário que surgiu em fevereiro de 2008, a partir da iniciativa do Serviço de Atendimento a Famílias em Situação de Violência (Serav) e da Secretaria Psicossocial Judiciária do Tribunal de Justiça do DF (TJDFT), com a finalidade de promover ações para prevenir e enfrentar a violência e a violação de direitos contra crianças, adolescentes, mulheres e homens. A Rede é uma experiência concreta que reúne mensalmente profissionais de serviços públicos e membros de organizações da sociedade civil das mais diversas áreas, para trocar experiências e informações que visem ao desenvolvimento da região.

O objetivo geral da Rede é articular sujeitos, instituições e serviços para a defesa dos direitos da comunidade de Ceilândia e garantir a qualidade dos serviços públicos, promovendo um espaço para o diálogo e contribuindo para o estabelecimento de parcerias, o controle social e o fortalecimento dos laços de responsabilidade entre o Estado e a sociedade civil. São objetivos específicos do grupo: fortalecer e articular serviços visando prestar atenção integral aos cidadãos de Ceilândia; fortalecer o combate à violência, concebida nas suas amplas variações; promover a mobilização da opinião pública e articular estratégias relacionadas ao combate à violação de direitos na cidade.

Programação

8h: Café da manhã e credenciamento9h: Apresentação cultural
9h15: Mesa de abertura: Ari de Almeida (Administrador de Ceilândia), Wesley Lacerda (Representante da Rede Social) e Rodolfo Fortes (Supervisor do IESB-Oeste)
9h30: Apresentação "A Rede Social de Ceilândia"
10h: Mesa: prioridades da Rede Social de Ceilândia
10h30: Discussão das prioridades com as autoridades presentes
12h: Encerramento do Encontro

Serviço

IESB - Campus Oeste: QNN 31 - Áreas Especiais B/C/D/E - Ceilândia Norte.