A Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) divulga, nesta quarta-feira, 9, às 11h30, o balanço local da Operação Nacional de Combate à Sonegação Fiscal 2011, deflagrada pelo Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC). A mobilização é um trabalho conjunto entre os Ministérios Públicos, as Secretarias de Fazenda e outros órgãos e instituições parceiras, em 22 Estados e no Distrito Federal, e marca o Dia Nacional de Combate à Sonegação Fiscal.

Este é o terceiro ano consecutivo em que o MPDFT participa da operação que, em 2010, alcançou a significativa cifra de R$ 200 milhões em autos de infração de recursos que deveriam ter sido recolhidos aos cofres públicos e revertidos em benefício da sociedade, mas foram indevidamente desviados em proveito particular.

Cerca de 150 servidores públicos participam da operação, com fiscalizações preventivas em shoppings, estabelecimentos comerciais, vias do DF e no aeroporto, que conta com o apoio das Receitas Federal e do DF, das Polícias Federal e Militar, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Sistema de Vigilância Internacional (Vigiagro) e da Infraero.

Sobre o GNCOC

O GNCOC é formado por membros dos Ministérios Públicos Estaduais e da União e tem como objetivo fundamental o combate às organizações criminosas. O grupo foi criado no ano de 2002, pelo Conselho Nacional de Procuradores-Gerais de Justiça (CNPG), motivado pelo assassinato do promotor de Justiça de Minas Gerais Francisco José Lins do Rêgo Santos, vítima da ação armada de uma organização criminosa que atuava no ramo de adulteração de combustíveis.

Serviço

O que: Operação Nacional de Combate à Sonegação Fiscal no DF - 2011
Quando: hoje, às 11h30
Onde: Secretaria de Estado de Fazenda -SBN - Quadra 2 Bloco A - Ed. Vale do Rio Doce - 7º andar