O Núcleo de Investigação e Controle Externo da Atividade Policial (NCAP) do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) ajuizou, no último dia 24, ação de conhecimento para declarar ilegal a greve da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e requereu antecipação de tutela. A ação foi recebida e a antecipação de tutela foi deferida pela Justiça para suspender a greve da PCDF e determinar a retirada de todos os policiais que se encontram em frente ao Departamento de Polícia Especializada, além de aplicar multa diária de 100 mil reais em caso de descumprimento da decisão.
O Presidente do Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF) foi notificado da decisão judicial no dia 27 de outubro. O NCAP orientou os Promotores de Justiça do DF para que documentem toda e qualquer omissão da Polícia Civil.

Em caso de negativa de registro de ocorrência, o cidadão poderá procurar o Ministério Público. Clique aqui para ler a íntegra da decisão judicial.