Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

O vencedor Levi de Morais Leôncio (Foto: Evaldo Vilela)Estudantes de Brazlândia participaram, nesta terça-feira, da premiação do concurso cultural do projeto de prevenção ao uso de drogas, desenvolvido pela Promotoria de Justiça e pela Diretoria Regional de Ensino da cidade. O concurso contou com a participação de 11 escolas para a escolha da logomarca, do slogan e do nome do projeto.

O promotor de Justiça Leandro Lobato Alvarez, coordenador administrativo da Promotoria de Justiça de Brazlândia, entregou a premiação aos vencedores. "Foi muito importante contar com a participação de alunos de várias escolas de Brazlândia para fazer a seleção dos melhores trabalhos", conta o promotor. Ao todo, 25 estudantes concorreram a três bolsas de estudo na escola Microlins de Brazlândia e a três aparelhos Pen Drive MP3.

O estudante Levi de Morais Leôncio, do 1º ano do Ensino Médio do Centro de Ensino Fundamental Incra 09, foi premiado em duas categorias. Levi disse que ficou surpreso por ter sido premiado pela logomarca e pelo nome fantasia. O estudante de 16 anos já trabalha com arte no Projeto Cerrado em Pauta, da Universidade de Brasília (UnB), e disse que a iniciativa da Promotoria conseguiu mostrar aos jovens uma outra possibilidade, fora do mundo das drogas. Segundo o estudante, uma das contribuições do projeto é "tentar tirar os jovens da vida triste, mostrando que é possível outro caminho, como o esporte, a cultura, o lazer e a arte". O outro vencedor foi Luiz Carlos Dias Junior, do Centro de Ensino Fundamental Irmã Regina.

Clique aqui para conhecer os trabalhos vencedores.

.: voltar :.