Portal Direito e Saúde do MPDFT

Direito MPDFT Saúde

A relação saneamento - saúde - ambiente: Um estudo sobre discursos setoriais na perspectiva da promoção da saúde e da prevenção de doenças

Título: A relação saneamento - saúde - ambiente: Um estudo sobre discursos setoriais na perspectiva da promoção da saúde e da prevenção de doenças
Autor: Cezarina Maria Nobre Souza
Local e Data: Rio de Janeiro, 2007
Palavras-chave: Saneamento Básico – Saúde Ambiental – Promoção da Saúde – Prevenção de Doenças.
Descrição física: Eletrônico – Office
Formato: Artigo – PDF
Resumo: Foram identificados e analisados, na perspectiva da promoção da saúde e da prevenção de doenças, abordagens e discursos sobre a relação saneamento-saúde-ambiente e as práticas ligadas aos serviços de saneamento existentes em quatro diferentes universos de pesquisa: a literatura científica correlata; a legislação brasileira; o corpo técnico; e os usuários. A análise foi realizada a partir de 10 categorias temáticas: 1) conceito de saneamento; 2) conceito de ambiente; 3) conceito de saúde; 4) objetivos dos projetos de saneamento; 5) preocupação dos mesmos quanto à sustentabilidade das ações e benefícios ao longo do tempo; 6) articulação entre políticas, instituições e ações; 7) modelo de intervenção; 8) estratégias adotadas; 9) executores dos projetos; 10) modelo de gestão. Buscou-se com isso verificar se as percepções identificadas sobre tais temas se aproximam de uma visão de promoção da saúde ou se têm mais pontos de contato com a prevenção de doenças. Os resultados obtidos revelaram que há predominância de uma visão preventivista sobre a promocional; existência de percepções ambíguas e híbridas; veiculação de discursos que não se caracterizam nem por uma visão preventivista, nem por um viés promocional. O quadro identificado é indicativo de uma percepção obsoleta do saneamento, proposta no século XIX e que não se ajusta à realidade do século XXI, marcada pela supervalorização da tecnologia em detrimento da saúde pública e ambiental e pela precariedade do diálogo entre os setores técnicos envolvidos e os usuários, dentre outros aspectos. Destaca-se a contribuição que o ideário da Promoção da Saúde pode oferecer para a necessária atualização do saneamento diante das demandas crescentes e complexas que lhe cabe atender.

.: voltar :.