Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Promotoria de Justiça de Águas Claras oferece denúncia por crime de feminicídio

Homem esfaqueou a companheira por motivo fútil e de forma inesperada na frente da filha do casal

A Promotoria de Justiça de Águas Claras denunciou nesta quarta-feira, 17 de julho, Jesus de Oliveira Silva por tentativa de feminicídio triplamente qualificado. A vítima participava de uma festa familiar quando foi esfaqueada pelo companheiro.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, o homem teria agido por motivo fútil, uma discussão banal com a mulher, e teria utilizado de recurso que dificultou a defesa da vítima, porque a atacou de forma inesperada, bem como praticou o crime contra a mulher por razões da condição de sexo feminino. O crime foi presenciado pela filha de 11 anos do casal.

Entenda o caso
O crime ocorreu na madrugada do dia 23 de junho no Setor Habitacional Arniqueiras, em Águas Claras. O casal estava em uma festa na casa da irmã da vítima, quando a mulher se dirigiu à residência vizinha, onde ocorria uma outra festa. Nesse momento, ela foi abordada pelo companheiro e começaram uma discussão. Ao ser empurrado, o denunciado sacou uma faca que trazia escondida na cintura e desferiu vários golpes. O homem foi preso em flagrante pela polícia.

O feminicídio só não se consumou porque a vítima não foi atingida em região de letalidade imediata e foi prontamente socorrida. Na denúncia, promotor de Justiça Marcelo Henrique de Azevedo Souza defende que o crime foi praticado contra mulher por razões da condição de sexo feminino em contexto de violência doméstica.

Processo: 2019.16.1.001827-7

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.