Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

MPDFT é precursor na adoção da Metodologia BIM e vira referência para outras instituições

Implementação realizada por servidores da casa reduziu custos em até três vezes

painel 600 x 450Uma metodologia que permite a construção de obras de modo colaborativo e que deve ser adotada por todos os órgãos públicos a partir de 2021, de acordo com o Decreto 9.377, de 17 de maio de 2018. Assim é conhecido o Building Information Modelling (BIM) ou Modelagem da Informação da Construção, uma sistemática que aumenta o nível de confiabilidade, diminui os riscos e gera economia na elaboração de projetos e na execução das obras.

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) elaborou o projeto de uma de suas sedes, a Promotoria de Justiça do Riacho Fundo, nos moldes exigidos pela lei. “O impacto na economia de recursos é muito grande porque o sistema permite, através de um modelo 3D, corrigir interferências, prevenir riscos e calcular com precisão o quantitativo de materiais e serviços a serem empregados na obra. Assim, conseguimos reduzir a incidência de aditivos contratuais”, destaca a secretária de Projetos e Obras do MPDFT, Regina Fonteles.

Ela explica que o MPDFT calcula ter conseguido implantar a metodologia com custo até três vezes inferior quando comparado a outras instituições. Essa economia tornou-se possível graças ao envolvimento dos servidores da casa, que realizaram todo o trabalho, o que permitiu dispensar a contratação de consultoria especializada e reduzir custos em até R$ 1,5 milhão.

“Depois da Promotoria de Justiça do Riacho Fundo, a meta é o desenvolvimento do projeto da sede das Promotorias de Justiça em Sobradinho e a adequação de outras nove unidades à plataforma BIM. Assim, o MPDFT estará apto a trabalhar, dentro dessa metodologia, em todas as rotinas que envolvam projetos de arquitetura, engenharia e manutenção predial”, explica Regina Fonteles. Dessa forma, o MPDFT antecipa em dois anos os prazos previstos na Estratégia BIM Brasil, que prevê a adoção da metodologia em três marcos, estabelecidos para 2021, 2024 e 2028. 

2º Seminário Internacional BIM em Obras Públicas

Para contar sobre a experiência do MPDFT, o servidor Wagner Martins de Lima, da Secretaria de Projetos e Obras, foi um dos palestrantes do 2º Seminário Internacional BIM em Obras Públicas, promovido pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), em parceira com o Senai Nacional. Responsável pela elaboração dos planos de implantação e de execução, ele destacou a importância da capacitação interna, que alcançou mais de 20 servidores, inclusive de outras áreas.

“O conhecimento teórico é importante, mas a valorização da experiência de execução em todos os processos, bem como a consideração das peculiaridades de cada instituição são fundamentarias para o sucesso da implantação da metodologia BIM”, explica.

Leia mais

MPDFT vira referência ao implementar projetos de arquitetura e engenharia em 3D

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.