Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Caso João de Deus: promotores de Justiça colherão depoimentos nas cidades do DF

Iniciativa acontece em apoio à força-tarefa do Ministério Público de Goiás

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) começa a atuar, a partir desta terça-feira, 11 de dezembro, em parceria com o Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO) para colher depoimentos de possíveis vítimas de crimes sexuais cometidos pelo médium João de Deus.

Integrantes das Promotorias de Justiça em todas as cidades do Distrito Federal foram orientados, por meio de memorando circular, a realizar oitivas com as pessoas que procurarem a instituição. Os relatos deverão ser registrados preferencialmente por meio de áudio e vídeo e enviados com urgência ao MPGO.

Os registros também poderão ser feitos pessoalmente na Sede da instituição ou por meio da Ouvidoria do MPDFT, que fará o encaminhamento ao MPGO. Nos casos de atendimento pessoal, que requerem atenção especial, o MPDFT poderá disponibilizar uma equipe de psicólogos para apoiar as vítimas durante as oitivas.

Para quem preferir entrar em contato diretamente com o MPGO, foi criado o e-mail específico para essa finalidade: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. .

Assessoria Especial de Imprensa
(61) 3343-9045 / 3343-6101/ 3343-9046/ 99149-8588
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.