Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Lucas Albo é condenado a 22 anos de reclusão por homicídio no Conic

A Promotoria de Justiça do Júri de Brasília obteve, nesta terça-feira, 6 de novembro, a condenação de Lucas Albo de Oliveira pelo homicídio triplamente qualificado de Yago Linhares Sik. Ele também foi condenado por lesão corporal e ameaça contra a ex-namorada e posse ilegal de arma de fogo. A pena foi fixada em 22 anos de reclusão em regime inicial fechado e o réu não poderá recorrer em liberdade.

Os jurados aceitaram as três qualificadoras apontadas pela Promotoria: motivo torpe, emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima e perigo comum (havia possibilidade de que outras pessoas, não envolvidas no conflito, fossem atingidas).

O crime ocorreu em julho de 2017, na praça central do Conic. Lucas e a namorada estavam em uma festa no local quando ele, por ciúme, agrediu outro participante do evento. O casal foi embora e, mais tarde, a jovem voltou sozinha. Lucas também voltou à festa e tentou agredir a namorada. Yago interferiu e Lucas foi retirado do local por seguranças. Ele saiu, mas voltou logo depois com uma arma de fogo e esperou que Yago saísse da festa para atirar. A vítima não resistiu aos ferimentos.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.