Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Atuação conjunta leva à captura no Piauí de acusado de duplo homicídio em Samambaia

A atuação conjunta do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT), da Polícia Civil do DF e da Polícia Militar do Piauí permitiu a prisão de um foragido da Justiça. O promotor de Justiça Tiago Maia obteve informação que levou à captura de Aleno Jorge Eufrásio da Silva, acusado de duplo homicídio e uma tentativa de homicídio em Samambaia. O acusado foi preso na manhã desta quarta-feira, 10 de outubro, na cidade de Floriano, no Piauí, pela Polícia Civil do DF, que contou com o apoio de uma equipe da Força Tática do 3ºBPM.

Entenda o caso

Em 11 de fevereiro, ocorria uma confraternização em uma casa na quadra 327 da Samambaia. Por volta das 5h, o evento foi encerrado e formou-se um aglomerado de pessoas em via pública, do qual fazia parte Aleno e Luan Antônio Leopoldino da Silva, o seu comparsa. Em seguida, os acusados se envolveram em uma discussão a respeito de bebida alcoólica, que evoluiu para luta corporal.

Em determinado momento, Aleno surpreendeu as vítimas ao sacar uma arma de fogo, que pertencia a Luan, e efetuou disparos direcionados a Mário Fran Pereira da Silva, Bruno Cardoso de Lima e Francisco Felix David Rocha. Mário não foi alvejado, mas Bruno e Francisco foram atingidos fatalmente. Após a prática, acusados foram até a residência de Aleno, onde pegaram dinheiro, e fugiram.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, os crimes foram praticados por motivo torpe (discussão a respeito de bebida alcoólica), recurso que dificultou a defesa das vítimas (elas estavam desarmadas) e perigo comum (pois quando os disparos foram efetuados havia outras pessoas próximas).

Foragido

Luan Antônio Leopoldino da Silva foragido fonte EDITADALuan Antônio Leopoldino da Silva ainda se encontra foragido. Chegou a ser capturado no Ceará, mas conseguiu fugir da cadeia. É considerado uma pessoa perigosa.

Caso alguém possua informações sobre sua localização, entre em contato com o Ministério Público pelo número 3458 9127 ou com o Disque-denúncia da Polícia Civil: 197.

 

 

 


Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.