Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Réu é condenado por assassinato dentro de escola no Itapoã

A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri do Paranoá obteve, nesta quinta-feira, 13 de setembro, a condenação de Edson Sales de Oliveira pelo assassinato de Gidenilton Ribeiro Lacerda. A pena por homicídio duplamente qualificado foi fixada em 19 anos de reclusão. Ele não poderá recorrer em liberdade.

Os jurados aceitaram as duas qualificadoras apresentadas pela Promotoria de Justiça: motivo fútil e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. O Ministério Público recorrerá para pedir o aumento da pena.

O crime ocorreu em 13 de junho de 2017 no Centro de Ensino Fundamental Dra. Zilda Arns, no Itapoã. Gidenilton havia presenteado uma colega de sala, ex-companheira de Edson, com uma caixa de bombons. O aniversário da jovem foi em 10 de junho, sábado, por isso o presente foi entregue na segunda-feira, 12 de junho. Edson imaginou que se tratava de um presente pelo dia dos namorados e, no dia seguinte, invadiu a sala de aula e matou Gidenilton.

O crime teve grande repercussão na comunidade. Cerca de 3500 estudantes e 150 professores da região se mobilizaram em uma passeata pela paz nas escolas. Devido ao assassinato, a turma em que Gidenilton estudava foi desfeita. Parte dos alunos que frequentava a escola pediu transferência e houve redução no quadro de professores titulares. Cerca de 90% do efetivo atual é de professores temporários.

Processo: 2017.08.1.004241-4

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.