Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Deputado distrital, ex-senador e mais 31 viram réus em ação de improbidade

Irregularidades ocorreram na concessão de bolsas da FAP-DF

A Justiça recebeu, em 29 de agosto, ação de improbidade administrativa ajuizada contra o ex-senador Gim Argello, o deputado distrital Christianno Araújo e mais 31 pessoas. Eles são acusados de tentar fraudar seleção de bolsistas da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF).

O edital 9/2012 previa a concessão de R$ 918 mil, divididos entre 21 bolsistas. Os valores variavam entre R$ 2,5 mil e R$ 6 mil mensais. A fraude não ocorreu devido à Operação Firewall, deflagrada pela Promotoria de Justiça de Fundações e Entidades de Interesse Social e a Divisão Especial de Repressão ao Crime Organizado (Deco).

O esquema

As investigações comprovaram que os candidatos selecionados eram apadrinhados políticos do ex-senador e do deputado distrital e haviam concordado em participar do esquema. Eles pretendiam desviar os recursos públicos do programa para atender interesses pessoais. Todos os aprovados foram classificados com nota 9.

Em um dos computadores apreendidos, foi encontrada planilha com os nomes dos candidatos irregularmente selecionados seguidos das iniciais dos nomes dos responsáveis pela indicação fraudulenta. Gim Argello e Christianno Araújo estavam entre eles.

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.