Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Homem é condenado por matar amiga da companheira

Vítima foi assassinada dentro da própria casa, na frente do pai e da irmã

A Promotoria de Justiça do Recanto das Emas obteve, nesta quarta-feira, 8 de agosto, a condenação de Jorge Luiz de Assis Silva pelo homicídio de Ananda Oliveira Rodrigues da Silva. A pena foi fixada em 19 anos e 6 meses de reclusão em regime inicial fechado. O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) recorreu para aumentar a pena.

O Ministério Público sustentou que o crime foi cometido por motivo torpe e de forma que dificultou a defesa da vítima, que tinha brigado com a companheira do réu e foi surpreendida em casa por Jorge Luiz, que se aproveitou da amizade com Ananda para cometer o crime. Os jurados reconheceram as qualificadoras apresentadas.

Entenda o caso

Ananda e a companheira do réu tinham uma relação de amizade havia dois anos, quando brigaram em agosto de 2009. Jorge Luiz soube da briga e, dois dias depois, foi à casa da vítima. Simulando amizade, entrou em sua casa, efetuou vários disparos de arma de fogo e fugiu.

O promotor de Justiça Lucas Aguiar destacou que o caso gerou grande comoção: “A vítima tinha apenas 18 anos e foi brutalmente assassinada na porta de casa, na presença do pai e da irmã”. Explicou, ainda, que o atraso no julgamento decorreu do comportamento do acusado. “Ele permaneceu foragido por oito anos, até ser preso em Goiás. Em razão disso, e também pela extrema gravidade do crime, a Justiça decidiu que ele deve continuar preso preventivamente", afirmou.

Processo: 2018.15.1.001796-5

Secretaria de Comunicação
(61) 3343-9604 / 3343-9601 / 3343-6413 / 99303-6173
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.