Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

TJDFT aceita denúncia do MPDFT e deputado Cristiano Araújo vira réu

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal aceitou, por 17 votos a dois, denúncia oferecida pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios contra o deputado Cristiano Araújo, que agora é considerado réu no processo. O distrital é acusado de fraude em concurso de projetos da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAP).

O esquema foi descoberto em 2012 por meio da operação Firewall II, que identificou, no Edital n. 09/2012 - FAP, direcionamento em processo de licitação (concurso de bolsas), mediante ajuste feito entre Cristiano Araújo, servidores da FAP e candidatos apadrinhados, que já estavam previamente por eles selecionados.

Segundo a denúncia, Cristiano Araújo, na época secretário de Ciência e Tecnologia, influenciou na escolha de pessoas para recebimento de bolsas de pesquisa sem os requisitos necessários para o benefício, que deveria ser pago em contrapartida a estudos realizados para promover o empreendorismo no Distrito Federal, por ocasião da Copa do Mundo de 2014. Os valores variavam de R$ 2.500,00 a R$ 6.000,00.

Além do parlamentar, a operação também resultou na denúncia de 21 pessoas envolvidas na fraude.

Assessoria Especial de Imprensa
(61) 3343-9045 / 3343-6101/ 3343-9046/ 99149-8588
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
instagram.com/mpdftoficial

.: voltar :.