Seu navegador nao suporta javascript, mas isso nao afetara sua navegacao nesta pagina

MPDFT

Menu
<

Tamanho da fonte:

Acordo com Ministérios Públicos do Brasil facilita busca de desaparecidos no DF

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) assinou acordo de cooperação com o Ministério Público do Rio de Janeiro para criação e expansão do Sistema Nacional de Localização e Identificação de Desaparecidos (Sinalid). O MPDFT, que já faz parte do Programa de Localização de Pessoas Desaparecidas (PLID) desde 2012, integrará o sistema.  
 
O acordo foi assinado na manhã dessa segunda-feira, durante reunião com a procuradora-geral da República, procuradores-gerais de Justiça e integrantes do CNMP. O objetivo é criar um sistema de buscas integrado nacionalmente, bem como desenvolver ações conjuntas e prestar apoio mútuo às atividades de sistematização de procedimentos, comunicações e registros de notícias de pessoas desaparecidas ou vítimas de tráfico humano, com cruzamento de dados. 
 
“O Distrito Federal tem um dos melhores acervos de informação sobre pessoas desaparecidas do país. A integração em um cadastro nacional e a permanente alimentação das informações serão fundamentais no auxílio à busca de pessoas desaparecidas”, destaca o procurador-geral de Justiça, Leonardo Bessa. 
 
Mais de 1,3 mil desaparecidos no primeiro trimestre
 
Somente nos três primeiros meses de 2017, o Distrito Federal registrou mais de 1,3 mil ocorrências de desaparecimento, segundo a Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social do DF. Desse total, cerca de 1,2 mil haviam sido localizadas até junho deste ano. Em 2016, foram mais de 3 mil ocorrências, sendo que 59% correspondem a crianças menores de 12 anos de idade.
 
Assessoria Especial de Imprensa
(61) 3343-9045 / 3343-6101/ 3323-9046/ 99149-8588
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
facebook.com/mpdftoficial
twitter.com/mpdft
youtube.com/mpdftoficial
 
.: voltar :.